Indústria 4.0 - A 4ª revolução Industrial

Eis o atual driver das políticas económicas e de apoio ao investimento.

Há uma mudança de paradigma na indústria e de forma geral em toda a economia. A  Quarta Revolução Industrial já está em andamento e irá introduzir tecnologias digitais por toda a economia em Portugal. 

Esta é a primeira revolução industrial em que a localização geográfica do país teoricamente não irá sair prejudicada, ou seja, os investimentos efectuados em infra-estruturas tecnológicas, em ciência e na qualificação realizados durante a última década permitem ambicionar liderar esta mudança. 

É a estratégia para a competitividade do nosso país num mundo digital. De acordo com a PwC, o nível médio de digitalização das empresas do sector industrial deverá crescer de 33% para 72% dentro de 5 anos. As empresas preveem investir cerca de 5% das suas receitas anuais em digitalização, com um retorno previsto em dois anos. 

Mas o que é a Indústria 4.0?

A quarta revolução industrial consiste na fusão de métodos de produção com base nos mais recentes desenvolvimentos tecnológicos de informação e comunicação. Este desenvolvimento será impulsionado pela tendência de digitalização da economia e sociedade. A sustentação tecnológica deste desenvolvimento é possível graças a sistemas inteligentes interligados que permitirão que pessoas, máquinas, equipamentos, sistemas logísticos e produtos comuniquem e cooperem diretamente uns com os outros.

Fruto da digitalização da sociedade e da indústria, o cliente final é hoje muito mais informado e conectado com acesso a uma oferta global digital. Este fenómeno gera um ambiente mais competitivo e com grandes oportunidades para as empresas que se encontrem melhor preparadas no mercado. Ao dispor das empresas encontram-se tecnologias inovadoras ao nível do comércio, produção e logística que irão transformar a relação com o cliente final, os trabalhadores e entre as empresas. O recurso às tecnologias disponíveis e uma abordagem focada no cliente ditam o sucesso do tecido empresarial na adaptação aos desafios dos mercados atuais.

Financiamento/Apoio ao Investimento - Avisos específicos i4.0

As políticas públicas de financiamento a empresas estão assim focadas em desenvolver um conjunto de mecanismos de financiamento destinados a projetos de âmbito i4.0, de forma a acelerar os investimentos e a adesão por parte do tecido empresarial nacional.

Neste âmbito oi efectuado um lançamento de avisos específicos para a Indústria 4.0, com uma mobilização de até 2,26 mil milhões de euros de incentivos, através do Portugal 2020, para os seguintes instrumentos:

1. Vale i4.0 para Micro e Pequenas e Médias Empresas:

Criação de um mecanismo específico para incentivo ao investimento a projetos i4.0, cujo formato seja semelhante aos Vales já existentes no âmbito do Portugal 2020. No caso do Vale i4.0 será um apoio destinado a promover o investimento de micro empresas e PME em projetos no âmbito do desenvolvimento de comércio eletrónico e marketing digital. O vale terá uma dotação global de 12 M€ e irá abranger 1500 empresas, sendo cada vale de valor unitário de 7.500 euros;

2. Qualificação de PME:

Para criar condições da implementação de medidas de adesão à i4.0 (estudos, informatização), designadamente no âmbito da gestão e do marketing digitais e do comércio eletrónico;

3. Inovação Produtiva:

Para implementação de soluções produtivas inovadoras utilizando processos digitais de controle digital;

4. Programas Mobilizadores de “Investigação e Desenvolvimento Tecnológico”:

Promoção e criação de incentivos para o desenvolvimento de tecnologias e modelos i4.0 de aplicabilidade transversal e duradoura, com impacto crítico na competitividade do tecido empresarial português.

Ricardo Carvalho | Business Unit Manager - Project Finance Audite

Coloque-nos as suas dúvidas. Poderá fazer o seu pedido de informação AQUI



Mais notícias